LACTOBACILUS BULGARICUS

HOME < Princípios ativos de A a Z

- Para melhorar a digestibilidade de produtos lácteos e suavizar a intolerância à lactose (1, 2, 3, 4); - Alívio de distúrbios digestivos diversos (2... Continuar lendo

Categoria Distúrbios digestivos e hepatobiliares

Administração
Uso Oral
Controlado
-
Indicação
- Para melhorar a digestibilidade de produtos lácteos e suavizar a intolerância à lactose (1, 2, 3, 4); - Alívio de distúrbios digestivos diversos (2, 4); - Para deter o crescimento de bactérias e levedos patogênicos no trato digestivo (1, 2, 3).
Posologia
A dosagem normalmente utilizada é de 200 mg ao dia (que contém aproximadamente 2 bilhões de UFCs) (3). *Fazer os cálculos em relação ao teor descrito no corpo do certificado de análise.
Restrições
-
Interações Medicamentosas
Interage de forma positiva e sinérgica, contribuindo para o crescimento e viabilidade dos microrganismos residentes benéficos (Lactobacillus acidophilus, Bifidobacterium bifidum etc.), apoiando seu crescimento e sua atividade (3, 4).
Reações Adversas
-
Contraindicação
-
Tipo de Receita
Receita Simples (branca, 1 via)
Sugestão de fórmula manipulada
Cápsulas Lact. Acidophilus 20mg Lact. Bulgaricus 200mg FOS qsp 1 cápsula Procedimento: 1. Adicione aos poucos o excipiente utilizando método de diluição geométrica. 2. Tamisar, homogeneizar bem. 3. Encapsular em tamanho apropriado de cápsulas.

Bibliografia
Observações
Foto de Leticia Saifert Picoli
Leticia Saifert Picoli
CRF: 21337
Farmacêutica, e Mestranda em Ciências Farmacêuticas - CRF/PR: 21337. Atuou como consultora na Manipulaê para monitorar e revisar a criação de conteúdo técnico. Farmacêutica Industrial, especialista em Farmacologia Clínica, MBA em Gestão Estratégia Farmacêutica pela FIA. Atuante nas áreas de Gestão de Produto, Marketing Institucional e Novos Negócios.