A diacereína atua estimulando a produção de componentes da cartilagem, além de bloquear os principais mediadores da resposta inflamatória envolvidos n... Continuar lendo

Categoria Antiinflamatório não esteroidal, antireumático, antiartrósico

Administração
Uso Oral
Controlado
Não
Indicação
A diacereína atua estimulando a produção de componentes da cartilagem, além de bloquear os principais mediadores da resposta inflamatória envolvidos na degradação dessa estrutura. Indicado no tratamento da osteoartrite (artrose e afecções articulares do tipo degenerativo). Possui moderada ação anti-inflamatória, analgésica (redução da dor) e antipirética (redução da febre). Sua eficácia é observada após duas a quatro semanas de uso, dependendo da gravidade da doença.
Posologia
Nas duas primeiras semanas de tratamento, recomenda-se uma cápsula de 50mg/dia. Após esse período, aumentar para duas vezes ao dia, durante um período maior do que 06 (seis) meses. Segundo critério médico, o tratamento poderá se estender por ciclos mais longos. Seus efeitos benéficos manifestam-se de 2 a 4 semanas após início do tratamento, podendo ser necessário, neste período, o emprego de outros medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios.
A ingestão deste medicamento junto com alimentos pode melhorar sua absorção. Por esse motivo, é importante utilizá-lo durante as principais refeições, conforme orientação médica.
Restrições
Uso adulto
Interações Medicamentosas
O uso de diacereína com produtos contendo hidróxidos de alumínio ou de magnésio (ex. antiácidos) pode diminuir sua absorção. Sendo assim, recomenda-se intervalo de, no mínimo, 2 horas entre a administração desses medicamentos.
Não deve ser ingerido simultaneamente com laxantes. Em casos extremos, a administração deverá ser efetuada com máxima prudência e sob controle médico direto.
Em caso de diarreia, não administrar a diacereína junto a diuréticos.
Reações Adversas
Reações muito comuns: diarreia, dor abdominal e alteração da coloração da urina (amarelo-intenso ou tonalidade avermelhada), porém sem significado clínico.
Reações comuns: aumento do trânsito intestinal.
Reações muito raras: foram relatados casos isolados de coceira, vermelhidão ou irritação na pele, pigmentação do cólon e do reto (regiões do intestino) e reações hepáticas
Contraindicação
Não utilize a diacereína se você possui hipersensibilidade (alergia a diacereína). Contraindicado em casos de insuficiência hepática severa, doenças intestinais inflamatórias (colites ulcerativas, Doença de Crohn), pseudo-obstrução ou obstrução intestinal e síndromes abdominais dolorosas de causas não determinadas.
Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião dentista
Tipo de Receita
Receita Simples (branca, 1 via)
Sugestão de fórmula manipulada
Cápsulas, sachês, suspensão oral

Bibliografia
Observações
Foto de Leticia Saifert Picoli
Leticia Saifert Picoli
CRF: 21337
Farmacêutica, e Mestranda em Ciências Farmacêuticas - CRF/PR: 21337. Atuou como consultora na Manipulaê para monitorar e revisar a criação de conteúdo técnico. Farmacêutica Industrial, especialista em Farmacologia Clínica, MBA em Gestão Estratégia Farmacêutica pela FIA. Atuante nas áreas de Gestão de Produto, Marketing Institucional e Novos Negócios.