Bromocriptina Mesilato

HOME < Princípios ativos de A a Z

- Acromegalia;
- Amenorréia secundária;
- Doença de parkinson;
- Galactorréia;
- Hipogonadismo masculino;
- Infertilidade ligada à prol... Continuar lendo

Categoria Inibidor da prolactina

Administração
Uso Oral
Controlado
-
Indicação
- Acromegalia;
- Amenorréia secundária;
- Doença de parkinson;
- Galactorréia;
- Hipogonadismo masculino;
- Infertilidade ligada à prolactinemia;
- Prolactinoma hipofisário.
Posologia
1 a 10mg.
Para inibir a lactação – 2,5mg no dia do parto seguidos de 2,5mg 2x/dia por 14 dias.
Para Parkinson pode empregar sozinha ou juntamente com levodopa. Inicialmente se aplica 1
a 1,25mg à noite na primeira semana, 2 a 2,5 na segunda semana, 2,5 mg 2x/dia na terceira
semana e 2,5mg 3x/dia na quarta semana.
Restrições
-
Interações Medicamentosas
-
Reações Adversas
Alucinações; boca seca; cãibras; confusão mental; constipação; dedos frios; fibrose retroperitonial; derrame pleural; dor de cabeça; excitação psíquica ou motora; fadiga; falta de apetite; náusea; queda de pressão arterial; reação na pele; sonolência; tontura; vômito.
Contraindicação
Gravidez risco B; pós- parto; criança menor de 15 anos; distúrbio psíquico; doença coronariana; doença da mama; hipersensibilidade aos alcalóides do ergot; hipertensão; toxemia gravídica; úlcera péptica.
Tipo de Receita
-
Sugestão de fórmula manipulada

Bibliografia
Observações
Foto de Leticia Saifert Picoli
Leticia Saifert Picoli
CRF: 21337
Farmacêutica, e Mestranda em Ciências Farmacêuticas - CRF/PR: 21337. Atuou como consultora na Manipulaê para monitorar e revisar a criação de conteúdo técnico. Farmacêutica Industrial, especialista em Farmacologia Clínica, MBA em Gestão Estratégia Farmacêutica pela FIA. Atuante nas áreas de Gestão de Produto, Marketing Institucional e Novos Negócios.