Em doenças neurológicas associadas a espasmo dos músculos esqueléticos, os efeitos clínicos são benéficos sobre contrações musculares reflexas e propo... Continuar lendo

Categoria Relaxante muscular

Administração
Uso Oral
Controlado
-
Indicação
Em doenças neurológicas associadas a espasmo dos músculos esqueléticos, os efeitos clínicos são benéficos sobre contrações musculares reflexas e proporcionam acentuado alívio sobre espasmo doloroso. Baclofeno melhora a mobilidade do paciente, facilitando o gerenciamento das atividades diárias (incluindo cateterização) e fisioterapia. Prevenção e melhoria de úlceras de decúbito, melhoria no padrão de sono (devido a eliminação dos espasmos musculares dolorosos) e nas funções da bexiga e esfíncter, têm também sido observadas como efeitos indiretos do tratamento com Baclofeno, levando a uma melhor qualidade de vida do paciente.
Posologia
O tratamento com Baclofeno deve sempre ser iniciado com baixas doses que são gradualmente elevadas até que se atinja a dose diária ótima.
Adultos: As doses variam de 5 a 80mg, sendo que a dose usual fica entre 15 a 30mg ao dia.
Crianças: A dose inicial deve ser 2,5 a 5 mg/dia, atingindo-se, no máximo, 30mg (crianças de 2 a 7 anos) a 60mg (naquelas maiores de 8 anos).
Dose para tratamento de viciados em drogas: pode ser maior que o usual, mas inicia-se com 40mg ao dia.
Baclofeno também pode ser utilizado por via tópica transdermica nas mesmas dosagens da via oral, normalmente essa via de aplicação é para controle da dor local.
Restrições
-
Interações Medicamentosas
Benfotiamina não tem interações negativas conhecidas com qualquer medicação. Na verdade, o uso de alguns medicamentos pode causar uma deficiência de tiamina que a benfotiamina provavelmente viria corrigir.
Reações Adversas
-
Contraindicação
-
Tipo de Receita
-
Sugestão de fórmula manipulada
-

Observações
Foto de Leticia Saifert Picoli
Leticia Saifert Picoli
CRF: 21337
Farmacêutica, e Mestranda em Ciências Farmacêuticas - CRF/PR: 21337. Atuou como consultora na Manipulaê para monitorar e revisar a criação de conteúdo técnico. Farmacêutica Industrial, especialista em Farmacologia Clínica, MBA em Gestão Estratégia Farmacêutica pela FIA. Atuante nas áreas de Gestão de Produto, Marketing Institucional e Novos Negócios.