Metionina: para que serve, função e alimentos que contêm metionina

HOME < ARTIGOS < LER ARTIGOS DETALHES
Foto de Metionina: para que serve, função e alimentos que contêm metionina

O nome é meio sério, mas a verdade é que a metionina possui diversos benefícios, para a saúde e estética. Ela é um aminoácido essencial, isso quer dizer que o corpo não o produz sozinho, é preciso consumi-lo por meio de outros alimentos.

Quais são as suas substâncias?

A metionina contém enxofre, substância necessária para que se produza a glutationa, o antioxidante natural mais presente no corpo humano, que ajuda na eliminação de toxinas, cria tecidos saudáveis e melhora a saúde cardiovascular. Ela ainda ajuda o fígado a processar as gorduras e é necessária para a produção de creatina, nutriente dos músculos que produz a energia e o colágeno que forma a pele e as unhas.

Quais alimentos contêm metionina?

Esse aminoácido, apesar de não ser produzido pelo corpo, é importantíssimo e precisa ser consumido, por isso essa lista de alimentos – bem saborosos – onde a metionina pode ser encontrada: ovos (especialmente a clara), peixes, como atum, bacalhau, dourado, salmão, tilápia e linguado. Outras carnes também possuem a metionina: carne de alce, frango, peru, carne de búfalo, carne de veado, crustáceos, carne de porco, carne de vaca, carne de coelho, queijo e leite. Além das fontes animais, existem outros alimentos que possuem a substância: castanha-do-pará, sementes de gergelim, sementes de girassol, aveia e outros.

Ainda sobre os alimentos a dica é prestar atenção na hora do cozimento, pois quando são fervidos ou colocados de molho por muito tempo, perdem grandes quantidades de metionina, já que ela é muito solúvel e a exposição prolongada ao calor pode fazer com que se percam.

Benefícios para a saúde

A metionina oferece muitas vantagens ao corpo, podendo tratar depressão, inflamação, doenças do fígado e dores musculares. Também melhora a qualidade de vida de pessoas cujos níveis de estrogênio são muito mais altos que os níveis de progesterona. Ela também pode ser usada para combater hepatite e cirrose, possui efeitos anti-inflamatórios e pode ser usada para tratar osteoartrite.

Além desses benefícios, a metionina é precursora ou essencial para a produção de outras substâncias importantes para o corpo. Entre elas:

  • Cisteína e taurina, aminoácidos que eliminam toxinas, criam tecidos saudáveis e promovem a saúde cardiovascular;
  • Creatina, nutriente encontrado nos músculos que oferece a energia que eles precisam para se moverem;
  • Colágeno, substância usada na produção de unhas, pele e tecidos conjuntivos, além de reduzir as inflamações histamínicas no corpo.

Outros benefícios da metionina são:

  • Ajuda a prevenir ejaculação precoce;
  • Ajuda a prevenir depressão crônica;
  • Reduz os níveis de histaminas inflamatórias no corpo;
  • Ajuda a tratar infecções no trato urinário ao impedir que as bactérias se prendam nas paredes do trato urinário e se proliferem;
  • Ajuda a manter o funcionamento normal do fígado;
  • Ajuda com o alcoolismo;
  • Ajuda com alergias;
  • Ajuda a evitar efeitos colaterais de radiação;
  • Ajuda com a asma;
  • Ajuda com a esquizofrenia;
  • Ajuda a evitar sintomas de abstinência de drogas;
  • Ajuda no Mal de Parkinson;
  • Pode ajudar a diminuir a demência e perda de memória em pessoas com AIDS, ao impedir que os nervos se deteriorem.

 

Perda de peso

Existe um mito de que a metionina ajuda no emagrecimento, mas ainda não existem estudos que comprovem que ela realmente ajude nesse processo. O que se acredita é que ela auxilia no ganho de massa muscular e contribui para perda de gordura e emagrecimento, além de também ajudar o fígado a “quebrar” a gordura e eliminar as toxinas no organismo, tornando-o mais saudável e fortalecer as unhas aumentando o fornecimento de sangue para os folículos pilosos das unhas.

 

Cuidados estéticos

Mais um dos valores de beleza da metionina é ajudar no crescimento saudável dos cabelos, já que é um aminoácido necessário para a formação das cadeias moleculares dos cabelos e pele. Dessa forma, quanto mais metionina, mais forte tende a ser o crescimento capilar, então a ingestão dela junto ao zinco e vitaminas B contribui, sim, para ter pele, unhas e cabelos mais bonitos e saudáveis.

 

Quantidade a ser ingerida

É importante usar pequenas quantidades de metionina, de preferência durante as refeições. Mas para definir a dosagem correta deste suplemento para consumo, o mais indicado é que procure um médico especialista na área.

Somente este profissional poderá fazer uma avaliação geral da sua saúde, e com base nos objetivos que deseja alcançar, determinará a quantidade ideal de metionina que você pode consumir no seu dia a dia.

Formas de consumir metionina

Além dos alimentos já citados nos quais a metionina pode ser encontrada e ingerida, existe mais uma forma de ter a quantidade diária do aminoácido: ela pode ser comprada em cápsulas feitas em farmácias de manipulação.

Após um médico ser consultado para ver a real necessidade de cada pessoa para cada organismo, esse medicamento pode ser manipulado e tomado de acordo com a quantidade passada pelo especialista.

Ingerindo a metionina você pode ter cabelos, unhas e pele muito mais saudáveis e bonitos, além de, é claro, ter maior qualidade de vida devido às inúmeras vantagens que a substância traz para o corpo humano.


Leticia Saifert Picoli
20/12/2018
Foto de Leticia Saifert Picoli
Leticia Saifert Picoli
CRF: 21337
Farmacêutica, e Mestranda em Ciências Farmacêuticas - CRF/PR: 21337. Atuou como consultora na Manipulaê para monitorar e revisar a criação de conteúdo técnico. Farmacêutica Industrial, especialista em Farmacologia Clínica, MBA em Gestão Estratégia Farmacêutica pela FIA. Atuante nas áreas de Gestão de Produto, Marketing Institucional e Novos Negócios.

Outros Artigos

Foto de D-pantenol: 5 benefícios desse ativo para os cabelos
D-pantenol: 5 benefícios desse ativo para os cabelos

O D-pantenol, também conhecido como pró-vitamina b5, é uma vitamina produzida tanto no cabelo, quanto na pele, sendo bastante ...

Foto de Saiba o que é, para que serve quais são os benefícios do DMAE
Saiba o que é, para que serve quais são os benefícios do DMAE

Com o decorrer do tempo, quanto mais velho o organismo fica, mais natural é a sensibilidade dos músculos. Isso consequentemente acaba...

Foto de Sofre com espasmos musculares? Saiba como ciclobenzaprina pode ajudar
Sofre com espasmos musculares? Saiba como ciclobenzaprina pode ajudar

Algo bem comum na rotina de quem pratica exercícios físicos são os chamados espasmos musculares, uma espécie de contra&...