Entenda quais são os benefícios da fluoxetina

HOME < ARTIGOS < LER ARTIGOS DETALHES
Foto de Entenda quais são os benefícios da fluoxetina

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), a depressão já atinge cerca de 300 milhões de pessoas no mundo. Não à toa, essa doença é considerada o grande mal do século XXI. No entanto, a boa notícia é que atualmente existem medicamentos que ajudam a combater esse problema, como é o caso da fluoxetina, tema do nosso artigo de hoje. 

Antes, porém, é fundamental entender exatamente o que é a depressão, pois muitas pessoas ainda tem dúvidas sobre o assunto e até confundem a doença com sentimentos similares, como tristeza, desânimo, etc. 

O que é depressão? 

Na definição da OMS, depressão pode ser definida como "um transtorno mental caracterizado por tristeza persistente e pela perda de interesse em atividades que normalmente são prazerosas, acompanhadas da incapacidade de realizar atividades diárias, durante pelo menos duas semanas".

Quais são os principais sintomas da depressão?

Ainda conforme a Organização Mundial da Saúde, os sintomas mais comuns relacionados a depressão são estes:  

  • Perda de energia; 

  • Mudanças no apetite; 

  • Aumento ou redução do sono; 

  • Ansiedade; 

  • Perda de concentração; 

  • Indecisão; 

  • Inquietude; 

  • Sensação de que não valem nada, culpa ou desesperança; 

  • Pensamentos de suicídio ou de causar danos a si mesmas.

Se você identificou que possui muitos ou todos esses sintomas, antes de tirar qualquer conclusão, é fundamental consultar um especialista e verificar realmente se está diagnosticado com depressão. 

Como o fluoxetina ajuda a combater a depressão? 

O fluoxetina é um dos principais remédios no combate a depressão, pois o medicamento tem como finalidade aumentar os níveis de serotonina, o neurotransmissor responsável por regular sensações como o humor, bem-estar, sono, apetite, concentração, entre outras. 

Porém, como é um medicamento que afeta diretamente funções cerebrais, é extremamente primordial que o paciente consulte um especialista, seja diagnosticado corretamente e receba a receita compatível com a situação pela qual passa. 

O fluoxetina tem contraindicações?

O fluoxetina é contraindicado para pessoas menores de 18 anos, mulheres em fase de gravidez e lactantes. Em caso de depressão, esses grupos de pessoas devem contar com recomendações específicas para cada situação.

Além disso, é proibido ingerir enquanto estiver em tratamento com o medicamento, pois ambos atuam sobre o sistema nervoso central e se misturados, podem potencializar muitos efeitos, resultando em alteração da consciência, crises de ansiedade, convulsões e sonolência, dentre outros problemas. 

Por fim, deve ser usada com cuidado por pacientes que possuem problemas como diabetes, histórico de convulsões ou epilepsia, pressão intraocular elevada, risco de glaucoma de ângulo estreito agudo, cirrose, arritmia, histórico de abuso de drogas ou pensamentos suicidas e doença renal. Mais uma vez vale ressaltar: consulte um especialista antes de qualquer coisa. 

Onde comprar fluoxetina manipulado? 

Para comprar o fluoxetina ideal para o seu organismo, é importante que o produto seja manipulado e desta forma, feito em farmácias de manipulação especializadas. Um jeito prático e rápido de encontrar a farmácia perfeita sem muito esforço é procurar online. O primeiro passo para comprar produto manipulado online é ter a sua receita em mãos. É muito importante que você já tenha consultado o seu médico. E que ele tenha indicado a prescrição do medicamento manipulado que você precisa.


Leticia Saifert Picoli
03/03/2020
Foto de Leticia Saifert Picoli
Leticia Saifert Picoli
CRF: 21337
Farmacêutica, e Mestranda em Ciências Farmacêuticas - CRF/PR: 21337. Atuou como consultora na Manipulaê para monitorar e revisar a criação de conteúdo técnico. Farmacêutica Industrial, especialista em Farmacologia Clínica, MBA em Gestão Estratégia Farmacêutica pela FIA. Atuante nas áreas de Gestão de Produto, Marketing Institucional e Novos Negócios.

Outros Artigos

Foto de Isolamento domiciliar e quarentena: qual a diferença?
Isolamento domiciliar e quarentena: qual a diferença?

Isolamento domiciliar e quarentena são duas das palavras mais usadas nas últimas semanas por especialistas da área de sa&uacut...

Foto de 3 dicas para cuidar da saúde mental durante o isolamento domiciliar
3 dicas para cuidar da saúde mental durante o isolamento domiciliar

O vírus da Covid-19 proporciona diretamente inúmeros problemas de saúde. Dos sintomas ao colapso do sistema de saúde, d...

Foto de Corona: Após um mês, Brasil tem mais casos que a Itália. O que fazer?
Corona: Após um mês, Brasil tem mais casos que a Itália. O que fazer?

O Brasil completou nesta quinta-feira (26), um mês desde a confirmação do primeiro caso de Coronavírus no país. A...