Pular para o conteúdo

Guia definitivo sobre Dieta Paleo!

HOME < ARTIGOS < LER ARTIGOS DETALHES
Foto de Guia definitivo sobre Dieta Paleo!

Uma das dietas que mais vem ganhando fama recentemente é a dieta paleo ou dieta paleolítica. O que chama a atenção nela é o método, focado em uma rotina alternativa, semelhante aos dos homens das cavernas. 

Neste artigo, explicamos como a dieta paleo funciona, quais são os benefícios que proporciona, os possíveis riscos, alimentos utilizados no processo e muito mais! Confira todos os detalhes. 

O que é dieta paleo?

A dieta paleo é considerada uma das dietas mais naturalistas que surgiram recentemente. Prometendo trazer bons resultados para quem deseja emagrecer e ter uma rotina de vida mais saudável, o método inspira-se na rotina de alimentação dos homens das cavernas. 

O que isso quer dizer? Bom, a dieta propõe um jejum prolongado, sem restrições ao consumo de carne, além de redução de carboidratos. No tempo das cavernas, a rotina dos Homo Sapiens restringia-se basicamente a carne, frutos e sementes, alimentos que de acordo com os defensores desta dieta, são o suficiente para viver bem. 

Além disso, outro argumento utilizado em prol da dieta paleo é que foram justamente os excessos de carboidratos, açúcares, sal e alimentos processados, os responsáveis pela propagação de algumas das piores doenças que afetam os humanos atualmente: diabetes, distúrbios metabólicos, problemas do coração, obesidade. 

Dieta paleo ajuda mesmo a emagrecer? 

De certa forma sim, pois reduz bruscamente a quantidade de proteínas nas refeições. Por serem digeridos rapidamente, eles elevam os níveis de glicose no sangue e posteriormente transformam-se em gordura. Ou seja, pães, massas, arroz, entre outros alimentos ricos em carboidratos, são um dos grandes vilões alimentares atualmente. 

Como a dieta também elimina muitos alimentos com glúten, lactose e industrializados em geral, consequentemente também existe um maior controle de ganho de peso, distúrbios metabólicos, entre outros problemas recorrentes que a rotina de alimentação comum possui.

Quais as vantagens da dieta paleo? 

Como já mencionado, reduzindo bruscamente o consumo de carboidratos, você perderá peso e vai reduzir bastante a possibilidade de inúmeras doenças e infecções. Mas além disso, existem outras vantagens, como por exemplo:

  • Ganho de proteínas: diferente de outras dietas, a carne é liberada na dieta paleo. Especialmente frango e peixe. As carnes são uma das principais fontes de proteína e também possuem diversos aminoácidos fundamentais para o organismo. 

  • Nutrição do corpo: as frutas também ganham bastante protagonismo nesta dieta e consequentemente você ganhará muitas e muitas vitaminas, nutrindo o corpo com muita coisa que ele precisa. 

  • Hidratação: normalmente os adeptos dessa dieta costumam evitar refrigerantes, sucos industrializados, entre outras bebidas comuns, focando principalmente em tomar água, o que deixa o corpo sempre muito bem hidratado e disposto.

  •  Estabilização dos níveis de açúcar no sangue: com a redução de doces, consequentemente o nível de açúcar no sangue também ficará muito mais controlado, o que é perfeito principalmente para quem sofre com diabetes.

  •  Treinos eficientes: para quem faz exercícios, a dieta paleo contribui consideravelmente para os treinos, afinal, seu corpo estará vitaminado e com muita proteína. 

Quais as desvantagens da dieta paleo? 

Bom, nem tudo são flores. Qualquer dieta que corta ou incentiva radicalmente a ingestão ou redução de algum alimento, não é totalmente recomendada. O ideal é sempre montar um cardápio equilibrado. Por conta disso, algumas desvantagens da dieta paleo são: 

  • Excesso de proteínas: pode parecer contraditório com o que foi mencionado anteriormente, mas consumir muita carne também é prejudicial, pois muita proteína pode prejudicar o bom funcionamento dos rins, além de retirar o cálcio dos ossos. 

  • Excesso de frutose: não adianta cortar os doces e acabar exagerando nas frutas, pois elas possuem frutose, que também é um tipo de açúcar. Entre um e outro, as frutas obviamente são melhores, porém, sem exageros. 

  • Excesso de gordura: a ingestão de muita carne também pode ser acompanhada da ingestão de muita gordura, o que acaba sendo muito prejudicial. Novamente a orientação é não exagerar. 

  • Tempos longos de jejum: existem vários tipos de dieta paleo, mas tome cuidado para não aderir a uma que seja muito radical e proponha períodos muito longos de jejum. Algumas propostas pedem para que as pessoas fiquem de 16 a 24 horas sem ingerir nenhum alimento. Isso é muito perigoso e não é nada recomendado por nenhum especialista, podendo provocar hipoglicemia, irritabilidade, dor de cabeça, entre outros problemas. 

Dieta paleo é saudável? 

Muitos especialistas divergem sobre esta dieta. Procure um especialista e verifique se ela pode ser aplicada para o seu tipo de organismo, pois os resultados podem variar de pessoas para pessoa. A Organização Mundial da Saúde (OMS) orienta que é fundamental que a distribuição dos macronutrientes seja de: 

  • 55 a 75% de carboidratos

  • 10 a 15% de proteínas

  • 15 a 30% de gorduras

Portanto, se for aderir, procure as versões menos radicais, que não tenham excesso nem no consumo, nem na redução de alguns desses itens. A dieta paleolítica pode comprometer parte da ingestão desses nutrientes e ainda pode causar uma série de problemas de saúde se não tiver acompanhamento de um profissional.


Leticia Saifert Picoli
03/02/2020
Foto de Leticia Saifert Picoli
Leticia Saifert Picoli
CRF: 21337
Farmacêutica, e Mestranda em Ciências Farmacêuticas - CRF/PR: 21337. Atuou como consultora na Manipulaê para monitorar e revisar a criação de conteúdo técnico. Farmacêutica Industrial, especialista em Farmacologia Clínica, MBA em Gestão Estratégia Farmacêutica pela FIA. Atuante nas áreas de Gestão de Produto, Marketing Institucional e Novos Negócios.

Outros Artigos

Foto de Sofre com espasmos musculares? Saiba como ciclobenzaprina pode ajudar
Sofre com espasmos musculares? Saiba como ciclobenzaprina pode ajudar

Algo bem comum na rotina de quem pratica exercícios físicos são os chamados espasmos musculares, uma espécie de contra&...

Foto de 3 vantagens da biotina para quem pratica exercícios físicos
3 vantagens da biotina para quem pratica exercícios físicos

Considerada uma das vitaminas mais completas para quem pratica exercícios físicos, a biotina também é conhecida como vi...

Foto de Furosemida: benefícios para problemas cardíacos, renais e hepáticos
Furosemida: benefícios para problemas cardíacos, renais e hepáticos

Considerado um produto multiuso, a furosemida é um ativo que vem sendo cada vez mais procurado para tratar diversos problemas. De perda de p...

Let’s Encrypt
Anvisa
Google Safe

Esta plataforma online facilita a pesquisa e cotações com farmácias de manipulação. A Manipulaê não é uma farmácia. Todas farmácias habilitadas nesta plataforma seguem as determinações da Anvisa. Medicamentos sob prescrição só serão dispensados pelas farmácias mediante apresentação da receita. É proibido comercializar medicamentos controlados por meio remoto. Medicamentos podem causar efeitos indesejados. Evite a automedicação: informe-se com seu médico e com o farmacêutico. Todas vendas realizadas são de responsabilidade exclusiva das farmácias contratantes do sistema online da Manipulaê