Cremes com ácido retinóico: guia completo sobre o assunto

HOME < ARTIGOS < LER ARTIGOS DETALHES
Foto de Cremes com ácido retinóico: guia completo sobre o assunto

Os cremes com ácido retinóico vem fazendo cada vez mais sucesso por conta de sua eficiência na ação que produz na pele. Mas você sabe como esses cremes funcionam? Quais são seus benefícios? De que forma usá-los?

 

Neste artigo, traremos um guia completo sobre o assunto, confira.

 

Para que serve o ácido glicólico?

 

O ácido glicólico é um ácido orgânico da mesma família ácidos láticos, conhecido por facilitar a penetração de substâncias na pele, além de possuir ação de radicais livres e auxiliar na formação de colágeno. É considerado um esfoliante mais agressivo, sendo preferencialmente indicado em peles mais resistentes e mais claras.

 

Este ácido possui ação antienvelhecimento, aumentando a hidratação da pele e também ajuda na formação do colágeno, melhorando a elasticidade da epiderme. Este ácido é muito usado nos tratamentos de peelings químicos ou como agente anti-inflamatório devido ao seu poder esfoliante, sendo mais indicado para peles resistentes ou mais claras.

 

Os alfa-hidroxiácidos em altas e baixas concentrações são considerados novas opções de tratamento para uma quantidade enorme de condições, podendo ser encontrado em soluções, em creme, em forma de gel ou loção.

 

Este ácido pode ter muitas aplicações, ajudando a melhorar o aspecto da pele seca, de manchas devido ao envelhecimento, reduzindo as cicatrizes e fechando os poros. Além disso, também é bastante indicado o uso de ácido glicólico para acne e para estrias.

 

Quando o ácido glicólico é aplicado sobre a pele, ele provoca vasodilatação da região, diminuindo a espessura da pele, acelerando o processo de renovação da epiderme e estimulando a síntese de colágeno. Outra vantagem deste ácido é que ele é menos irritante do que o ácido retinoico, ajudando também a aumentar a absorção de outros ativos associados à composição, no caso do uso com outros cosméticos.

 

Muitos estudos realizados com o ácido glicólico demonstraram que o uso desta substância em formulações cosméticas é uma prática importante para o sucesso dos tratamentos e que, em pacientes com casos de envelhecimento por exposição ao sol, após três semanas de tratamento com ácido glicólico foi constatado um aumento significativo da hidratação da superfície da pele e a diminuição do aspecto áspero.

 

Qual o melhor ácido para o rosto?

 

Diversos ácidos podem ajudar na saúde da pele, no entanto, cada um age de uma maneira específica no organismo, ou seja, antes de comprar, consulte o médico e veja qual é o ideal para você, pois cada produto é diferente. Abaixo, listamos alguns dos mais utilizados atualmente.

 

  • Ácido Retinóico

 

Derivado da vitamina A, é considerado o mais eficaz para combater o fotoenvelhecimento e a acne, conferindo maior firmeza e elasticidade à pele. Seu grande trunfo é tratamento da acne, do envelhecimento pela ação do sol e de estrias recentes. Utilizando antes dos peelings, afina e uniformiza a pele, facilitando a penetração da substância escolhida para o procedimento.

 

É recomendado em peelings no inverno ou em cremes de uso noturno. Inicialmente, deixa a pele descamada e vermelha e é necessário proteger-se contra o sol usando FPS acima de 15.

 

  • Ácido Glicólico

 

É extraído da cana-de-açúcar e tem grande poder de rejuvenescimento, agindo como esfoliante químico. Pode ser usado no verão e aparece em cremes ou peelings. Além de seus poderes hidratantes, promove uma leve esfoliação da camada superficial da pele. Com isso, facilita sua própria penetração e a de outras substâncias. Também acelera a renovação celular, deixando a pele mais lisa e uniforme. Trata manchas e cicatrizes de acne, mas sua indicação principal é o foto-envelhecimento e hidratação do rosto e corpo.

 

  • Ácido Kójico

 

O Ácido kójico é uma substância produzida por um cogumelo japonês chamado Koji, que é usado também na fermentação do arroz. A vantagem do ácido kójico é que ele não é fotossensível, ou seja, não mancha se a pele é eventualmente exposta ao sol. Por isso pode ser usado inclusive durante o dia. Além do seu efeito despigmentante, o ácido kójico também atua como antisséptico, impedindo a proliferação de fungos e bactérias na pele.

 

  • Hidroquinoquico

 

É um princípio ativo que serve para uniformizar o tom da pele porque diminui a produção de melanina onde é aplicada. É indicada no clareamento gradual de manchas de pele como ocorre em caso de acne, melasma, sardas, manchas causadas pelo limão seguida de exposição solar, manchas senis, manchas de catapora, lentigo e outras condições onde surgem manchas escuras na pele.

 

Quanto tempo deixar ácido no rosto?

 

O ácido retinoico é usado principalmente em cremes, e sua dosagem depende da indicação do dermatologista, dependendo da extensão do problema.

 

O mais indicado é aplicar uma vez por dia, durante a noite, após a lavagem do rosto. Deve-se usar a quantidade de creme correspondente a uma ervilha para cada parte do rosto: testa e parte superior do rosto, queixo e cada uma das bochechas. Após 20 minutos da aplicação, o ideal é hidratar a pele.

 

Quanto tempo a hidroquinona demora para fazer efeito?

 

A hidroquinona  começa a fazer efeito de forma lenta, mais eficiente, lembrando que demora, ao menos uma semana para começar a ter efeitos realmente diferenciados na coloração da pele. Depois de um mês de uso diariamente você pode começar a alternar os dias de uso, até para evitar a superdosagem.

 

A vermelhidão leve nos primeiros dias é comum, já que existem células da sua pele sendo destruídas no processo, mas a é importante observar se aparecem irritações na pele, pequenas pústulas e coceira excessiva. Se for o caso interrompa o tratamento e verifique com seu dermatologista.

 

Como usar o creme de hidroquinona?

 

A aplicação das pomadas com hidroquinona podem ser feitas normalmente, nas áreas afetadas, duas vezes ao dia, depois que a pele estiver limpa e seca.Lembre-se de usar sempre o protetor solar para proteger do sol e evitar o aparecimento de outras manchas.

 

Embora não sejam recomendadas para áreas muito sensíveis, como virilha e exila, pois a possibilidade de irritação da pele nestas áreas de grande fricção é muito grande. Existem produtos menos agressivos para estas áreas.

 

O que é hidroquinona é para que serve?

 

A Hidroquinona é um agente de branqueamento da pele, que é utilizada para iluminar áreas de pele escura, tais como sardas, cloasma (também conhecido como melasma), manchas da idade, e cicatrizes de acne.

 

A Hidroquinona reduz a produção de melanina em sua pele, por isso é ótimo para hiperpigmentação desvanecimento, marcas de acne, manchas de sol, melasma e outras questões descoloração da pele.

 

Dermatologistas avaliavam Hidroquinona como a tratamento com mais eficácia para cuidar da descoloração da pele. Estudos recentes têm questionado a sua garantia. O uso em longo prazo está associado a efeitos colaterais graves.

 

Gostou deste conteúdo e quer receber os próximos por e-mail? Clique aqui e cadastre-se em nossa lista vip!


Leticia Saifert Picoli
18/03/2019
Foto de Leticia Saifert Picoli
Leticia Saifert Picoli
CRF: 21337
Farmacêutica, e Mestranda em Ciências Farmacêuticas - CRF/PR: 21337. Atuou como consultora na Manipulaê para monitorar e revisar a criação de conteúdo técnico. Farmacêutica Industrial, especialista em Farmacologia Clínica, MBA em Gestão Estratégia Farmacêutica pela FIA. Atuante nas áreas de Gestão de Produto, Marketing Institucional e Novos Negócios.

Outros Artigos

Foto de 5 fórmulas de protetor solar em farmácia de manipulação
5 fórmulas de protetor solar em farmácia de manipulação

Todo mundo sabe que o uso do protetor solar é indispensável no dia a dia, porém muitas pessoas pensam que o protetor solar dev...

Foto de 6 dicas fitness para fazer nas férias
6 dicas fitness para fazer nas férias

Você quer sair de férias mas não quer sair da sua rotina saudável? Calma, dá pra se divertir, aproveitar a fam&ia...

Foto de Atividade física em jejum: prós e contras
Atividade física em jejum: prós e contras

Recentemente, treinar em jejum tem sido uma prática cada vez mais comum. Muitas pessoas que seguem dietas em jejum realizam exercício...