Pular para o conteúdo

Ácido tricloroacético: aplicações e cuidados essenciais

HOME < ARTIGOS < LER ARTIGOS DETALHES
Foto de Ácido tricloroacético: aplicações e cuidados essenciais

ácido tricloroacético é uma ácido aquoso com resultados positivos nos tratamentos que necessitam de cauterização. O ácido tem seu uso cada vez mais recomendado por médicos e dermatologistas. Descoberto em 1840, por Jean Baptista, o ácido tricloroacético com seu grande poder de cicatrização é bastante usado em procedimentos que necessitam desse tipo de ação.

ácido tricloroacético, também é conhecido popularmente pela sigla ATA ou TCA. Para entender melhor o funcionamento e como este ácido é usado confira nosso post:

 

1) Para que serve o ácido tricloroacético 

De forma ampla, o ácido tricloroacético é bastante utilizado para tratar feridas, doenças de pele, sangramentos nasais e também doenças sexualmente transmissíveis, como tricomoníase e HPV. 

Recentemente, a aplicação mais usada do ácido tricloroacético é por dermatologistas no tratamento de problemas de pele e também para melhorar a aparência da pele. Uma das vantagens de utilizar o ácido é que ele pode ser administrado juntamente com outras substâncias sem apresentar qualquer tipo de problema ou reação alérgica. Outra vantagem importante do ácido tricloroacético é que ele tem fácil aplicação. 

Neste link é possível ter acesso a bula online do ácido tricloroacético

 

2) Ácido tricloroacético nos tratamentos dermatológicos

Com o passar do anos o processo de regeneração da pele vai ficando cada vez mais lento, ainda que constante. O envelhecimento e a luz do sol são outros dois fatores que podem tornar a renovação da pele ainda mais lenta. Não é possível agir contra o passar do tempo, mas peelings podem ser aplicados na pele para reverterem problemas. O  ácido tricloroacético, dependendo da concentração e da dosagem, é aplicado na realização de peelings superficiais, médios e também profundos. Em contato com a pele, o  ácido promove descamação em diversos níveis de profundidade. 

Nos tratamentos dermatológicos, o ácido tricloroacético é ideal para a aplicação tanto em peles claras quanto em peles morenas. É uma substância bastante recomendada para tratar manchas profundas, sardas, cicatrizes e efeitos do fotoenvelhecimento. Além de também mostrar excelentes resultados quando utilizado para tratar acnes, rugas e flacidez.

É importante ressaltar que mesmo sendo utilizado em muitos tratamentos, esse tipo de ácido  não é recomendado para pacientes com infecções, históricos de alergias e para mulheres que estejam grávidas ou amamentando. Outro ponto que deve ser considerado é que a utilização em peles escuras pode causar hiperpigmentação pós-inflamatória. Um bom médico dermatologista deve ser sempre procurado ao surgir a necessidade de tratamentos como os peelings ou aplicações de ácidos combinados a outras substâncias. 

 

3) Precauções ao usar o ácido tricloroacético

É importante estar atento a quantidade prescrita e a usada, se o ácido tricloroacético for usado em maior concentração do que o recomendado, especialmente nos casos dermatológicos, podem haver danos. Entre os problemas resultantes de mau uso mais comum estão necroses e  inflamações graves com tempo de cura de até 8 semanas.

Outra consequência do uso equivocado do ácido tricloroacético  são queimaduras. As queimaduras podem ser tratadas com água e sabão específico, no caso do rosto, se não forem graves. Caso haja alguma infecção ou o local da queimadura já apresente algum dano, o médico dermatologista deve ser procurado. O uso de analgésicos ou anti-inflamatórios pode ser feito, mas sempre com a aprovação do médico que fez as prescrição do ácido.

Durante o tempo de tratamento com o ácido tricloroacético é necessário usar um filtro solar, com o fator acima de 30, todos os dias. Especialmente nos tratamentos de beleza, a pele deve estar sempre muito bem hidratada. Quando aplicado no rosto, o ácido requer cuidados com a higiene. Além de manter a pele sempre hidratada, é importante limpá-la utilizando apenas sabonete neutro e água. Qualquer outro tipo de produto usado pode acarretar em reações alérgicas. Tornando o seguimento do tratamento com ácido tricloroacético inviável.

 

4) Uso no tratamento de HPV

O HPV é transmitido através de relações sexuais sem o uso de preservativos. A transmissão também pode ocorrer de mãe para filho no momento do parto. Ainda não existe nenhum tratamento que assegure a cura do HPV. O que os médicos procuram é oferecer aos pacientes melhorias no quadro clínico e a prevenção da transmissão da doença. Uma das opções de tratamento é a utilização do ácido tricloroacético.

O tratamento utilizando ácido depende do grau da doença e de como as lesões do paciente estão no momento. Quando as lesões estão sem muita gravidade, o ácido é aplicado diretamente nas verrugas vaginais. Nesse caso específico, o tratamento de mulheres grávidas pode ser feito com o ácido tricloroacético sem nenhum tipo de problema decorrente do uso. Mas como em todo tipo de problema de saúde, o acompanhamento de um médico é imprescindível. 

 

5) Ácido tricloroacético manipulado

É de extrema importância que o uso do ácido tricloroacético seja apenas sob prescrição médica. É possível encontrá-lo nas drogarias tradicionais com dosagens já pré-determinadas e substâncias adicionadas. Mas o ideal é que o médico prescreva o ácido de acordo com as necessidades singulares de cada paciente, por isso as fórmulas manipuladas são as mais indicadas. 

Encomendando o ácido tricloroacético em uma farmácia de manipulação é possível obtê-lo em forma de pomada, creme ou gel. O tipo de produto final depende de cada tipo de paciente e do que melhor se adequada a cada tratamento. 

Ao procurar por ácido tricloroacético, não esqueça de verificar a procedência da farmácia de manipulação e se ela atende aos requisitos de funcionamento da ANVISA. Procure um estabelecimento dentro das normas de saúde para garantir um tratamento adequado e evitar  problemas na composição do fármaco. 

 

6) Preço do ácido tricloroacético 

O valor do ácido tricloroacético pode variar bastante dependendo da farmácia de manipulação em que se procura. Para obter um produto de qualidade, com procedência e com um bom preço é importante fazer uma busca bem abrangente. Quem tem uma vida corrida e gosta de opções ágeis pode contar com a Manipulaê. A cotação do ácido tricloroacético, ou de qualquer outro medicamento, pode ser feita em nosso site neste link. Assim, você recebe um e-mail com um lista de valores do ácido em diferentes farmácias de manipulação e pode escolher qual se encaixa melhor no seu orçamento.


Leticia Saifert Picoli
06/11/2018
Foto de Leticia Saifert Picoli
Leticia Saifert Picoli
CRF: 21337
Farmacêutica, e Mestranda em Ciências Farmacêuticas - CRF/PR: 21337. Atuou como consultora na Manipulaê para monitorar e revisar a criação de conteúdo técnico. Farmacêutica Industrial, especialista em Farmacologia Clínica, MBA em Gestão Estratégia Farmacêutica pela FIA. Atuante nas áreas de Gestão de Produto, Marketing Institucional e Novos Negócios.

Outros Artigos

Foto de Como o resveratrol presente no suco de uva pode lhe ajudar
Como o resveratrol presente no suco de uva pode lhe ajudar

Você já ouviu falar em resveratrol? Sabe o que é? Para que serve? Pois bem, o resveratrol &ea...

Foto de Vitaminas para a terceira idade: conheça as mais importantes
Vitaminas para a terceira idade: conheça as mais importantes

O corpo de um ser humano saudável é uma das obras mais perfeitas da natureza. Porém, em dois períodos da vida, ele &eac...

Foto de Vitamina B12: dicas e curiosidades sobre ela
Vitamina B12: dicas e curiosidades sobre ela

Alguns nutrientes são primordiais para o organismo, pois muitos o corpo  não é capaz de produzir sozinho, como as vitamin...

Esta plataforma online facilita a pesquisa e cotações com farmácias de manipulação. A Manipulaê não é uma farmácia. Todas farmácias habilitadas nesta plataforma seguem as determinações da Anvisa. Medicamentos sob prescrição só serão dispensados pelas farmácias mediante apresentação da receita. É proibido comercializar medicamentos controlados por meio remoto. Medicamentos podem causar efeitos indesejados. Evite a automedicação: informe-se com seu médico e com o farmacêutico. Todas vendas realizadas são de responsabilidade exclusiva das farmácias contratantes do sistema online da Manipulaê