Ácido Glicirrhizico

HOME < Princípios ativos de A a Z

O Ácido Glicirrhízico é obtido do alcaçuz. Tem propriedades anti-inflamatórias e antialérgicas, semelhantes às dos corticoides. Em geral, suas ações s... Continuar lendo

Categoria Anti-inflamatório e Antialérgico

Administração
Uso Oral
Controlado
-
Indicação
O Ácido Glicirrhízico é obtido do alcaçuz. Tem propriedades anti-inflamatórias e antialérgicas, semelhantes às dos corticoides. Em geral, suas ações são menos potentes que os anti-inflamatórios e antialérgicos, porém são mais duradouras. Tem ação para o tratamento de dermatites de contato e fotodermatites, para produtos cosméticos e em preparações antivermelhidão e antialergênicas. Também atua como coadjuvante para tratamento de despigmentação.
Posologia
Indicado na faixa de 0,1 a 2,0%.
Restrições
-
Interações Medicamentosas
O pH de estabilidade da matéria prima Ácido Glicirrhízico é entre 2,5 à 3,5.
Em formulações é incompatível com Carbopol.
Solúvel em água quente e etanol, praticamente solúvel em água fria e éter.
Pode ser incorporado em géis e emulsões em geral (creme, loção, etc.).
Reações Adversas
-
Contraindicação
-
Tipo de Receita
-
Sugestão de fórmula manipulada

Bibliografia
Observações
Foto de Leticia Saifert Picoli
Leticia Saifert Picoli
CRF: 21337
Farmacêutica, e Mestranda em Ciências Farmacêuticas - CRF/PR: 21337. Atuou como consultora na Manipulaê para monitorar e revisar a criação de conteúdo técnico. Farmacêutica Industrial, especialista em Farmacologia Clínica, MBA em Gestão Estratégia Farmacêutica pela FIA. Atuante nas áreas de Gestão de Produto, Marketing Institucional e Novos Negócios.