É utilizado como adoçante artificial não calórico... Continuar lendo

Categoria Alimentação

Administração
Uso Oral
Controlado
-
Indicação
É utilizado como adoçante artificial não calórico
Posologia
Recomenda-se a adição de 0,07% a 0,12% de Acesulfame-K. Doses acima de 0,20% podem ser empregadas para produtos muito doces ou congelados. Segundo a IDA (Ingestão Diária Aceitável), a dosagem para adultos e crianças é 15 mg/kg/dia.
Restrições
-
Interações Medicamentosas
-
Reações Adversas
Os adoçantes, mesmo sem possuírem valor energético, induzem uma liberação de insulina independentemente do tipo de adoçante ao sensibilizarem sensores de sabor para o doce no
trato digestivo.
Contraindicação
-
Tipo de Receita
-
Sugestão de fórmula manipulada

Observações
Foto de Leticia Saifert Picoli
Leticia Saifert Picoli
CRF: 21337
Farmacêutica, e Mestranda em Ciências Farmacêuticas - CRF/PR: 21337. Atuou como consultora na Manipulaê para monitorar e revisar a criação de conteúdo técnico. Farmacêutica Industrial, especialista em Farmacologia Clínica, MBA em Gestão Estratégia Farmacêutica pela FIA. Atuante nas áreas de Gestão de Produto, Marketing Institucional e Novos Negócios.